Pesquisar neste blogue

quarta-feira, abril 25, 2007

Grândola - Zeca Afonso

4 comentários:

perola&granito disse...

Hoje ofereço-te um cravo vermelho.

Periquito disse...

Que nunca se fechem as portas que Abril abriu.
Que o espirito de Abril jamais desapereça.
25 de Abril SEMPRE!!!
Um abraço amigo vermelhinho

magnolia disse...

Que a esperança conquistada por Abril não se esfume. Enquanto houver esperança, o dia dos cravos vermelhos continuará a ter significado. Abril todos os dias!!

Cavaco Silva disse...

Bela musiquinha brejeira,faz-me lembrar as férias do meu tio comunista em paris,a assistir peças de teatro do jacques burnout,ou como ele dizia "exílio político"...ah vida dura de combatente político.