Pesquisar neste blogue

domingo, novembro 05, 2006

É gente desta que o País precisa!


Para entrevistar um grande dirigente, só poderia ser um grande jornalista.
Um grande bem haja, aos dois.
Levantam a moral a qualquer equipa.

2 comentários:

Anónimo disse...

Apesar de não saber quase falar, o que torna complicada qualquer tentativa de entrevista, o dirigente do "Carioca" deve ser uma pessoa humilde e bem intencionada, que anda no desporto amador por "amor à camisola".
De humildade e boas intenções carecem muitos que pululam no desporto federado e profissional, que dele se servem sabe-se lá para quê...
Força "Carioca"!

Periquito disse...

Creio que tem ambos razão