Pesquisar neste blogue

quarta-feira, outubro 18, 2006

Mais um cromo, ou seja, uma besta!

A culpa é dos consumidores !

"Culpa do aumento da electricidade é do consumidor"
O secretário de Estado Adjunto da Indústria e da Inovação declarou que "a culpa" do aumento de 15,7% da electricidade para os consumidores domésticos em 2007 é do consumidor, porque esteve vários anos a pagar menos do que devia.

O governo justifica este brutal aumento com o congelamento decretado pelos governos, em que as subidas percentuais não poderiam ser superiores à inflação. A EDP diz ter agora um acumulado de centenas de milhões de euros e terá que fazer este aumento.

Falta explicar aos utentes, como a EDP, empresa portuguesa que mais lucros obteve nos últimos anos, vem agora dizer ter um acumulado de prejuízos.

Então a responsabilidade é dos consumidores! Foram eles que decidiram os aumentos nos anos anteriores. Ainda sobre a justificação dos apenas 9% de aumento para as empresas, refere esta anormalidade: As empresas é que fazem a economia logo afecta a sua produtividade. Ou seja, esquece um aspecto nuclear da economia que são os consumidores. "Sem consumo não há economia" Sr. Secretário. Aonde é que andou a estudar para revelar tanta ignorância em tão pouco tempo. São os políticos que temos e que não merecemos.

2 comentários:

elBravinha disse...

Tanta ignorânicia e tão pouco tento na sua linguinha. É mais um dos que fala sem pensar. No mínimo, este secretário de Estado deveria pedir a demissão depois de tão infeliz comentário...

Periquito disse...

Energia Eléctrica aumenta em 2007, quase 16% para os consumidores domésticos, para fazer face a passivo de 400 milhões de euros! Foi com esta notícia bombástica que fomos confrontados ultimamente.

Insultuosamente, vem o Secretário de Estado dizer que são, os consumidores, os culpados por tal, pois andaram a gastar energia, nos últimos anos, abaixo do seu custo real?!

Mas cá o Periquito pergunta:

- Então o consumidor doméstico, que é uma pequena parcela dos utilizadores, (a industria consome 80%), é que vai pagar o défice?

- Mas esse montante não é relativo (também) a investimentos nas energias alternativas?

- E não teve a EDP, em 2006, lucros fabulosos?

- Ou é para suportar os altos custos da enormidade de gestores, assessores e mordomias daquela empresa?

Veja o exemplo de um tal Santana, que foi uma nulidade por onde andou, (desporto, autarquias, assembleias, governos, etc.), e que agora é um dos assessores da EDP (dizem que ganhando 10.000€/mês?!) Bem dizia ele que iria andar por aí, até…

Desta forma não há mesmo energia que resista!!!


PS: Este post vai ser publicado na página "Argoladas" do Expresso das Nove